Neuroma traumático e a dor orofacial

Authors

  • Camilla de Aguiar Universidade Federal de Pernambuco
  • Victor Leonardo de Melo Universidade Federal de Pernambuco
  • Zélia Seixas Universidade Federal de Pernambuco
  • Milena Pinheiro Universidade Federal de Pernambuco
  • Elvia Christina de Almeida Universidade Federal de Pernambuco
  • Arnaldo Caldas Júnior Universidade Federal de Pernambuco
  • Ricardo Eugenio de Melo Universidade Federal de Pernambuco

DOI:

https://doi.org/10.48208/HeadacheMed.2020.Supplement.83

Keywords:

Português

Abstract

Introdução
O termo neuroma traumático é usado para descrever uma proliferação reativa de tecido neural após dano a um nervo adjacente, após corte parcial ou completo do nervo. A lesão representa uma resposta exagerada, por uma hiperplasia reativa como resultado de tentativas de regeneração, caracterizada por hiperplasia de células de Schwann. O neuroma traumático já foi descrito com outras origens, como danos nervosos causados por pressão, lesão por esmagamento, lacerações, alongamento, sangramento no tecido que circunda do nervo, infecção e isquemia
Material e Métodos
Revisão de literatura, utilizando a base de dados Embase, Scielo e pubmed, utilizando os descritores: Neuroma, Dor Facial, Dor Referida. Utilizou-se restricão temporal de 2016 a 2020 com artigos na língua inglesa como critérios de inclusão e critérios de exclusão foram excluídos os trabalhos que não tinham correlação a temática estudada.
Resultados
Os neuromas tem origem de acidentes traumáticos, tem maior ocorrência no sexo feminino, na quarta década de vida. Clinicamente, as lesões orais geralmente aparecem como um nódulo normal ou acinzentado coloração de superfície lisa e branca, e os pacientes podem se queixar de dor como um sintoma frequente. Mais da metade dos pacientes relatam sintomatologia dolorosa que variam de sensibilidade ocasional à dor constrante e intensa que pode ser referida devido a compressão do nervo pelo tumor. O tratamento de escolha para neuromas traumáticos é a excisão cirúrgica. Uma técnica ideal com mínima manipulação e separação das fibras nervosas é essencial para um resultado adequado A maioria das lesões não ocorre, mas em alguns casos sintomáticos, a dor pode persistir ou retornar posteriormente
Conclusão
Com essa revisão de literatura conclui-se que oa neuromas traumáticos em região de face são desecadeadores de dor odofacial e que seu tratamento é necessário para dar maior conforto e diminuir a sintomatologia dolorosa do paciente.

Downloads

Download data is not yet available.

Downloads

Published

30/11/2020

How to Cite

1.
Aguiar C de, Melo VL de, Seixas Z, Pinheiro M, Almeida EC de, Caldas Júnior A, Melo RE de. Neuroma traumático e a dor orofacial. HM [Internet]. 2020 Nov. 30 [cited 2021 Jun. 20];11(Supplement):83. Available from: https://headachemedicine.com.br/index.php/hm/article/view/170

Issue

Section

Abstracts

Similar Articles

1 2 3 4 5 6 7 > >> 

You may also start an advanced similarity search for this article.

Most read articles by the same author(s)