Headache and abstinence from food

Authors

  • Adriana Almeida Soares Centro de Neurologia e Cefaleia do Piauí
  • Raimundo Pereira Silva-Néto Universidade Federal do Piauí

DOI:

https://doi.org/10.48208/HeadacheMed.2017.10

Keywords:

Jejum, Abstinência alimentar, Cafeína, Cefaleia

Abstract

Objetivo: Esta revisão objetivou investigar a ação da abstinência alimentar no desencadeamento de cefaleia. Método: Foram revisados os critérios diagnósticos e fatores desencadeantes de todas as cefaleias descritas na ICHD-3β. Resultados: A ingestão e abstinência alimentar são consideradas fatores alimentares envolvidos no desencadeamento dos ataques de cefaleia. A ingestão de
alguns alimentos desencadeia ataques de cefaleia apenas nas cefaleias primárias, dentre elas, migrânea e cefaleia do tipo tensional. No entanto, a abstinência ou supressão alimentar causam cefaleias secundárias, tais como cefaleia atribuída ao jejum e à supressão de cafeína. O jejum também é um gatilho da migrânea. Conclusões: A abstinência alimentar é considerada um importante
gatilho dos ataques de cefaleia. Além disso, esta cefaleia melhora significativamente após a ingestão de alimentos.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

Adriana Almeida Soares, Centro de Neurologia e Cefaleia do Piauí

Nutricionista, Centro de Neurologia e Cefaleia do Piauí, Teresina, Brasil

Raimundo Pereira Silva-Néto, Universidade Federal do Piauí

Neurologista, Universidade Federal do Piauí, Teresina, Brasil

Downloads

Published

30/06/2017

How to Cite

1.
Soares AA, Silva-Néto RP. Headache and abstinence from food. HM [Internet]. 2017 Jun. 30 [cited 2021 Sep. 16];8(2):34-7. Available from: https://headachemedicine.com.br/index.php/hm/article/view/246

Issue

Section

Review

Most read articles by the same author(s)

1 2 > >>