Severidade de disfunção temporomandibular e prevalência cefaleia em uma comunidade ribeirinha da amazônia legal

Authors

  • Lana Santos Universidade CEUMA
  • Manoel de Araujo Neto Universidade CEUMA
  • Lidia da Silva Universidade CEUMA
  • Nathalia Ribeiro Universidade CEUMA
  • Soraya Campos Universidade CEUMA
  • Karla Soares Universidade CEUMA
  • Maria Gonçalves Universidade CEUMA

DOI:

https://doi.org/10.48208/HeadacheMed.2020.Supplement.29

Keywords:

Disfunção Temporomandibular, Cefaleia, Dor

Abstract

Os sinais e sintomas da disfunção temporomandibular (DTM) são multifatoriais assim como sua etiologia, sua frequência é de 75% na população em geral. A Cefaleia é um sintoma muito frequente na população de forma geral, os gastos socioeconômicos diretos e indiretos da cefaleia para a população são estimados em 14 bilhões por ano. Avaliar a severidade dos sinais e sintomas de DTM e a prevalência de cefaleia em indivíduos de comunidades ribeirinhas. Estudo transversal, os dados foram coletados nos meses de Março, Abril e Maio de 2019, foram incluídos indivíduos de ambos os gêneros, 18 a 40 anos, que residiam no povoado de Bonfim município de Arari- MA, em um raio de 5 km do rio, excluídos aqueles que se recusaram a participar do estudo ou que não completaram todas as etapas. A severidade dos sinais e sintomas de DTM foi feita através do Índice Anamnésico de Fonseca por um avaliador cego em relação ao diagnóstico de DTM. Para avaliar a presença de cefaleia foi aplicado questionário desenvolvido no Hospital das clinicas de Ribeirão Preto - SP elaborado segundo a Classificação internacional das cefaleias. O estudo foi aprovado pelo comitê de ética em pesquisa da Universidade CEUMA com o parecer nº da aprovação nº 2.477.570, os dados foram analisados pelo Excel. Foram avaliados n=30 indivíduos, n=12 (40%) do gênero masculino e n=18 (60%) Feminino. A Média e DP (±) dos dados sociodemográficos como peso 67.3 (±8.6), idade 45.6 (±15) e altura 164.8 (±8.4) estiveram mais elevadas no gênero masculino. Quanto a prevalência dos tipos de cefaleia, no gênero masculino foi Sem cefaleia n=6 (50%) e Migrânea n=3 (25%), e no feminino CTT n=8 (44,44%) e outras Cefaleias n=4 (22,22%). índices de severidade de DTM mostraram que ambos os gêneros apresentaram maiores índices de severidade, Masculino Sem DTM n=4(33,33%) e DTM Leve n=6 (50%) e Feminino, Sem DTM n=7 (38,89%) e DTM Leve n=8 (44,44%). Concluiuse que, a prevalência de cefa- leia e a severidade de sinais e sintomas de DTM nas comunidades ribeirinhas da Amazônia legal foi elevada.

Downloads

Download data is not yet available.

Downloads

Published

30/11/2020

How to Cite

1.
Santos L, Araujo Neto M de, Silva L da, Ribeiro N, Campos S, Soares K, Gonçalves M. Severidade de disfunção temporomandibular e prevalência cefaleia em uma comunidade ribeirinha da amazônia legal. HM [Internet]. 2020 Nov. 30 [cited 2021 Jun. 20];11(Supplement):29. Available from: https://headachemedicine.com.br/index.php/hm/article/view/114

Issue

Section

Abstracts

Similar Articles

1 2 > >> 

You may also start an advanced similarity search for this article.