Reflexões sobre a classificação das cefaléias

A metodologia desenvolvida pela Sociedade Intenacional de Cefaléias (International Headache Society ·IHS) constitui a base para a classificação Intemadonal de Doenças x Revisão (CID-1O). A classificação atual, publicada em 1988, objetiva e com critérios operacionais, eliminou imprecisões inerentes à classificação anterior. Nela, as crises de cefaléia são classificadas individualmente, em vez de se definir um diagnóstico para o paciente. Várias cefaléias podem, portanto, estar presentes em um mesmo indivíduo. Há estudos de validação, metodologicamente bem conduzidos, que confirmam a adequação e a utilidade da classificação atual. Propostas para novas classificações têm surgido, mediante diversas justificativas. Esperamos que esta revisão possa trazer subsidios à discussão acerca da difícil tarefa de nomear, ordenar e diagnosticar as diferentes cefaléias, bem como causar reflexão sobre a melhor maneira para se utilizar o sistema de classificação existente.


BAIXE O ARTIGO (Download the Article)
Clique Aqui (Click Here)