Decúbito como fator agravante da cefaleia na crise migranosa

Publicado na 4ª edição de 2012

INTRODUÇÃO As crises de migrânea são frequentemente incapacitantes. A atividade física e os movimentos de abaixar a cabeça são fatores reconhecidos de aumento transitório da intensidade da dor durante as crises. Por esse motivo, muitos pacientes buscam o repouso. Na prática clínica, verifica-se que uma parcela de pacientes se queixa de agravamento da cefaleia pelo decúbito, durante as crises de migrânea, preferindo permanecer na posição recostada ou sentada. Esse dado, até onde sabemos, nãofoi estudado. OBJETIVOS Verificar, numa amostra de pacientes migranosos, a porcentagem daqueles que se queixam de agravamento da cefaleia, durante a crise, pelo decúbito. Avaliar se existem diferenças com relação à piora pelo decúbito entre os sexos.


BAIXE O ARTIGO (Download the Article)
Clique Aqui (Click Here)